Facebook Twitter RSS

Especial Invenções #1 - Cheiroscópio e Relógio da Morte

Para inaugurar essa seção cujo nome é auto-explicativo (mas pra quem não entendeu, é uma seção onde serão postadas as melhores invenções de Futurama), temos duas invenções do Prof. Hubert Farnsworth, o inventor que mais vai aparecer aqui, sendo que as duas seriam apresentadas em um simpósio anual da Academia de Inventores no episódio O mal do Século XX.

Cheiroscópio


Descrição: É um telescópio para odores. Segundo o seu criador, se um cão defecar do outro lado do universo, ele vai ficar sabendo.
Como usar: Basta calibrar os controles do cheiroscópio para qualquer lugar do universo e colocar as narinas nos tubos de observação do equipamento. O cheiroscópio também tem um sistema de classificação dos odores chamado cheirômetro. As duas estruturas que se tem conhecimento sobre o funcionamento do aparelho são uma lente e uma bobina de mau cheiro. Segundo Cubert, as moléculas de odor não podem viajar através do vácuo e chegar ao nariz do usuário. Porém o cheiroscópio analisa espectros do cheiro, determina a composição química, e reproduz o cheiro dentro do tubo, assim como um aparelho de televisão reproduz sons e imagens.
Ano de criação: 2999
Inventor: Hubert J. Farnsworth


Relógio da Morte



Descrição: Determina quanto tempo o usuário tem para viver. Aparentemente existem dois exemplares na Planet Express, devido a senilidade de Farnsworth.
Como usar: O usuário insere o seu dedo em uma depressão no topo do aparelho. Depois ele faz um cálculo e segundos depois se tem o resultado nem tão exato. Isso ocorre devido ao livre arbítrio que dá uma margem de erro de alguns segundos.
Ano de criação: 2999
Inventor: Hubert J. Farnsworth

0 comentários: